sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O budget = orçamento de um CASAMENTO.

Nestes meus mais de 15 anos de organização e investigação festeira, só não me vesti de noivo (ainda!). Mas posso dizer que a cada dia fico mais surpreso e feliz com o surgimento de novos detalhes envolvendo o universo casamenteiro, que casais encaram para conquistar seu grande dia!
O famoso CheckList, nunca para (rs), porque casar virou moda e "Personalizar" é o hit do momento! Porém, temos que analisar uma palavrinha ou realidade bem maior que é o "budget", pois todo sonho precisa caber em um bolso de terno Hermenegildo ou bolsa da Hermès, para tornar-se uma realidade bem feliz!.

Quando fala-se em budget = orçamento, muita gente não gosta porque acham que os profissionais estão querendo medir o poder aquisitivo de seus clientes, mas não é nada disso! 
Quando decide-se um orçamento inicial, é bem mais prático tomar decisões sem ficar frustada e até para não procurar profissionais que não estejam enquadrados! Claro, noss

Seguem algumas dicas para não criar uma ruga de expressão 2 semanas antes do casamento!
 
1- Ter uma visão realista de sua posição atual financeira e seu noivo.  
2- PRIORIZAR, é o principal!
3- Defina o seu primeiro orçamento antes de planejar qualquer parte de seu casamento. 
3- Decidir como você vai economizar o sificiente  para o casamento, já que tem a casa e a lua-de-mel. 
4- Se seus pais irão ajudar, bom para você. Lembre-se, porém, eles provavelmente vão querer "ajudar" de maneira planejada.
5- Prioridades estabelecidas, hora de PESQUISAR!

6 - Pesquise com amigas quais os itens que não deve-se economizar e faça um balanço disso tudo!
7- Orce com uns três fornecedores de cada área.

8- COMPARAR. Um profissional que tem anos de experiência, escritório montado, equipamentos novos, material superior, equipe treinada, logicamente custará mais caro que um novato sem as mesmas despesas e experiência. Não é justo falar para o primeiro que o segundo cobrou menos. Porém: adicione à conta o item empatia, essencial para você se sentir confiante no grande dia.
9- Comecem a fazer programas mais economicos como jantar fora, compras excessivas 
10- Diálogo entre o casal, em todas as etapas é muito importante!
11- Por fim, prepare-se para NEGOCIAR, com classe e aceitando um possivel NÃO!
12- Lembrem-se, acima de todo o lado estético da festa, existe uma vida a dois que será partilhada a partir de então e a felicidade a ser vivida, realmente não depende de festa! E sim de muito AMOR!



Sucesso!
Jadson Bacellar