Pular para o conteúdo principal

Casar em Belém no Palácio Lauro Sodré- Simei e Ramiro



Organizar o casamento da minha própria irmã, Simei Bacelar e Ramiro Costa, sendo ela a única filha de uma família de mais três homens, pra mim como Cerimonialista e Organizador de Festas em Belém, foi uma tarefa especial, emocionante, porém diferente de todos os que já havia organizado! Havia uma mistura de emoção, cobrança excessiva de perfeição e acima de tudo um sonho pessoal a ser realizado!
O LOCAL:
Começamos o planejamento com a escolha do espaço que deveria comportar em um só prédio a Cerimônia Religiosa e o Jantar. A noiva é pós-graduada em Artes e  o irmão-Cerimonialista, ambos apaixonados por artes antiques, o local sonhado era o Palácio Lauro Sodré, uma contrução no estilo Neoclássico e um belo exemplo da arquitetura do bolonhês Antonio Landi no Pará. Por ser o Museu do Estado do Pará, muitas regras deveriam ser seguidas e aceitamos tudo pois valia a pena o cenário.
Um detalhe importante era seguir um estilo: Clássico e pronto!
O CONVITE: 
Sem muitos detalhes foi impresso em letras pretas, papel linho branco e tamanho 22 x 30, lacre de cera na cor vinho com monograma dos noivos.
Um detalhe bacana foi o numero da mesa no convite individual. Logo, ao entrarem no salão para o jantar, todos estariam próximos a pessoas conhecidas.
A NOIVA:
O vestido foi em cetim espanhol off-white com tomara-que-caia no corte princesa e bolero tendo flores em viéses do mesmo tecido, sem bordado pois no pescoço carregava placa antiga em platina e brilhantes e na cabeça mantilha arrebatadora em renda francesa com 45 anos, presa por coroa em prata e zircônias. 
O cabelo foi um coque estilo anos 60, inspirado na foto do casamento da mãe da noiva em 1964 (vejam a foto anexo) do internacional Clô e make de Alba Santos, do tradicional Teresinhas Cabeleireiros.
O buquet teve leve inspiração em Lady Diana, bem grande em modelo cascata com mix de gipsophylas, lirios, rosas e heras.




                                                        OS PAIS DA NOIVA EM 1964






A CERIMÔNIA:
Uma chuva de pétalas de rosas anunciou junto com trompetes a chegada da noiva. No hall do Palácio Lauro Sodré, foi montado o espaço da cerimônia com cadeiras em disposição de igreja e na subida da escadaria ficou o altar, tendo moldura de quadro e um arranjo de flores fazendo uma paisagem. 
Como o piso do espaço é em mosaicos importados da França e uma das raridades da Belle Époque por aqui não usamos tapete. O décor foram uma coleção de donzelas de vidro com velas marcando o cortejo, assinada por Vando Nascimento.
Prevaleceu o "menos é mais"!
O Pr. Samuel Câmara, presidente da Assembléia de Deus,  foi o celebrante e deu a bençãos às alianças e aos noivos. 








Para chegar no Salão Transversal do Palácio onde ocorreu o jantar, os convidados faziam pequeno passeio pelos belos salões que contam um pouco da trajetória do Pará e tinham vista do jardim central do local e dos vitrais franceses.










O JANTAR.
Os 230 convidados ficaram acomodados em mesas marcadas cobertas por toalha de tecido adamascado beije, com guardanapos em linho e porta-guardanapos com camafeu tendo as iniciais dos noivos.
Todos eram servidos de criterioso coquetel preparado pelo Chef Paulo Martins, do Lá em Casa ao som de trio de jazz.
O bolo super clássico totalmente coberto por rosas, foi de Maria José.
O jantar com 6 pratos quentes (filé, arroz imperial, perú, bacalhau, camarão e salada) foi servido na sacada do Palácio e preparado pelo Chef Paulo Martins, uma verdadeira viagem gastronômica.
A mesa de doces foi da D. Carmem e os finos de Júlia Fonteles.
As lembranças eram minitelas pintadas pela noiva com inspiração em Romero Brito.


                               COM OS PAIS E DAMAS NA ESCADARIA DO PALÁCIO

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como escolher o local para sua festa ou comemoração!

Os itens mais importantes na escolha do local para sua festa ou comemoração!

Igreja, salão de eventos, praça, praia, salão de condomínio, ou sua própria residência, enfim, seja qual for o local definido ou sonhado para um evento, muitos fatores são importantíssimos para se pensar na hora da decisão final.



1-Disponibilidade de data na agenda do espaço. 
Em caso de igrejas para casamento ou missas, cultos em ação de graças, é bom informar-se sobre a programação do local e arredores. De repente na mesma época ocorram festividades em uma praça próximo ou carnaval de rua,logo o som e segurança podem ficar comprometidos.

2- Layout e acomodação: 
Analisar a planta baixa do local e ter certeza que o numero de convidados ficará em excelente acomodação, mais palco se tiver banda, pista de dança, mesa de doces, Buffet, etc. O Buffet nunca deve ser encostado na parede, lembrando que a cada 150 pessoas o ideal é ter uma mesa de Buffet.



3- Acesso para convidados com necessidades especiais. A legislação ga…

Casamento ao Por do Sol- Mangal das Garças. Teresa Camara e Jônatas.

Teresa Camara e Jônatas.

Organizar casamentos exclusivos tem sido um de nossos maiores desafios e conquistas no Cerimonial Jadson Bacellar.
A escolha do Mangal das Garças, fez toda a diferença no casamento desse jovem casal que contou com os cuidados da mãe da noiva Rebekah Camara e do JB, que juntaram idéias e realizaram um belo e requintado evento.




Ao som de Pretty Woman, exatamente como foi planejado, as 18h06 minutos da quarta 03 de agosto, a noiva Teresa foi conduzida pelos pais Samuel e Rebekah,  pelos 87 mts da ponte que leva ao Pier do Mangal das Garças, a beira da Baia do Guajará, lindamente decorado com bouganvilles e hortências em tons de rosa.









Após a cerimônia, os noivos ao lado dos pais receberam convidados no restaurante do Manjar, pilotado por Caio Guimarães, que surpreendeu com o jantar a francesa, isso mesmo, o serviço foi servido a francesa com troca de talheres e pratos. Tudo perfeito! Comida, bebida e serviços sem falhas!

Fotos dos pais dos noivos em seus casamento…

Aniversário 80 anos em Belém- Sussu Cordero. Belo exemplo de vida!

Uma senhora elegante, alegre e amada por familiares e amigos, assim é Sussu Cordero, matriarca de uma bonita familia, cheia de filhos, netos e bisnetos.
Pra marcar a data um elegante jantar foi oferecido no chique espaço Chez Nous, com décor em tons terrosos de Vando Nascimento e buffet, bolo, doces e lembranças de Cláudia Moraes.
O selo é do Cerimonial Jadson Bacellar